segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Nas mãos do vento


A inspiração é como um
vento de amor passageiro,
passa veloz, deixa bafejos
que, se não registrados,
morrem dissipados no ar
como nuvens de algodão.
E fico eu, a pena e o papel
em branco, como nuvens bailando
nas mãos do vento.


dinapoetisadapaz

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Eu e a tarde



Triste aquela tardinha...
no peito uma saudade infinda.
com olhos de lince contemplei
o arrebol, rubro como carmim.
Voltei ao lugar de sempre,
onde eu costumava brigar com
minha saudade...

Na fertilidade da mente
desenhei imagens,
evoquei a sensibilidade,
num longo passeio mental
tateei o seu corpo, fui aos
pontos mais vulneráveis,
recordei nossos momentos dourados.

Como em câmera lenta
organizei meus pensares,
retornei ao ponto de origem,
e tudo voltou aos arquivos da minha memória.


dinapoetisadapaz


Por do sol






domingo, 20 de novembro de 2016

Ele me faz suspirar (Soneto Livre)


 Ele, desses que desperta insanos desejos
Que deixa meu corpo em incandescência
Contorce minhas vértebras, os bafejos
Que chegam ao meu ouvido com fluência.

Ele me faz suspirar, instiga minha carência
Sua presença é para meu coração, festejo
Mas não consegue suprir minha abstinência
Sinto em seu olhar sôfrego, um tanto de desejo...

Eu que ainda não soube aproveitar o ensejo
E espargir sem cerimônia os meus latejos
E toda minha ânsia de tê-lo comigo...

Fico a devanear entre supostos abraços
e contato arrojado, um repouso em seu regaço
e ter em seu corpo meu seguro abrigo...

dinapoetisadapaz

sábado, 19 de novembro de 2016

Preservação (Corrente Ecosys)




 Quando fico em silêncio
Silêncio me preserva
Preserva e evita
Evita meu desgaste...

Desgaste não me apraz
Apraz o crescimento
Crescimento se faz
Se faz com a harmonia

Harmonia para difundir
Difundir entre todos
Todos que queiram

Queiram abraçar a causa
Causa nobre é promover a Paz
Paz e Bem-Estar precisamos
Precisamos conjugar
Conjugar o verbo conciliar

 Conciliar e amar é o caminho
Caminho que nos conduz
Conduz ao exercício
Exercício do silêncio

dinapoetisadapaz


Estilo criado pela poetisa Sys

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

O Mestre e o Livro (Corrente de Ecosys)



Mestre tem tudo a ver com amor,
Amor ao livro, ao discípulo,
Discípulo esse que despreza
Despreza e desvaloriza

Desvaloriza o mestre
Mestre que é formador
Formador e disso se orgulha
Orgulha de ver o aluno

Aluno evoluir
Evoluir no saber
Saber que engrandece
Engrandece, leva ao sucesso
  
Sucesso tem quem estuda
Estuda e pensa no amanhã
Amanhã será também
Também um multiplicador

Multiplicador do saber
Saber que perpetua
Perpetua no ser
Ser que agradece

Agradece empenho do mestre
Mestre que é quase pai
Pai dos primeiros
Primeiros ensinamentos

Ensinamentos a ser seguidos
Seguidos para trilhar
Trilhar brilhante caminho
Caminho do Bem, da retidão

Retidão que valoriza
Valoriza o ser humano
Humano é respeitar o Mestre
Mestre que ensina com amor.

 dinapoetisadapaz
   Estilo criado pela poetisa Simplesmente Sys