Seguidores

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Sintonia





Madrugada fria, silêncio nas ruas
Sinto uma vibração, entro em sintonia
Com o pulsar de teu coração em agonia,
É minha alma que sintoniza a tua

A cada amanhecer a ausência me mata
Cada minuto sem ti, se vai minha alegria
Assusta-me pensar em te perder um dia,
Tenho fome desse amor que me falta

Quero acordar dessa dor e viver a magia
De estar em teus braços, e isso não me basta
Quero entregar-me a ti nessa doce sinergia
Ouvir teus sussurros como se fosse uma sonata

Quando nossos corpos em plena sintonia
Ao sentir os prazeres de uma noite farta
De amor e entrega, numa louca euforia
Enquanto não vens a poesia me acalenta

dinapoetisadapaz

terça-feira, 27 de junho de 2017

Uma história de amor


Meu coração estava despovoado
Surge um novo habitante trazendo a paixão
Coração pulsou diferente, ficou atordoado
Com o amor fez forte conexão.

A paixão mergulhou em nossas retinas
Não esboçávamos uma palavra sequer
Apenas olhares fazia parte da rotina
Nossos corações passava o dia a ferver

Os sorrisos contidos falavam por nós
Contato, apenas profissionalmente 
 Um beijo voava pelos ares, quando a sós
Amor contido, mas um dia finalmente...

Se deu a corporificação!

Que encanto! Que bonito Amor!
Como carne e unha, sempre unidos.
O destino nos separou, mas o Amor
Insiste que continuemos... Embebidos.

E assim será, um lá, outro cá...
Tu me tens quando queres
Eu te chamo, chegas já.
[Amor ignora poderes]


dinapoetisadapaz


segunda-feira, 26 de junho de 2017

Vamos brincar com a chica nº 22 ?



Vamos brincar com a chica nº 22 ?

Brincar com a Chica é tão contagiante
que mesmo atrasadinha peço à rego pra ela aceitar
 minha participação.



http://sementesdiarias.blogspot.com.br

Minhas frases da semana:

1- Líder vai junto, eis  uma bela LIÇÃO


2 -  Pai não ensina LIÇÃO errada aos filhos



Bom dia e feliz semana


Bom dia meus amados amigos leitores. 
Desculpem a ausência, estive com visita nesse fim de semana, logo estarei retribuindo presenças aqui registradas.



B endito seja o amanhecer e os encantos da natureza,

O azul do céu, a brisa  suave, o colorido das flores, e o despertar íntegro 

Momento propício de agradecimento pela beleza a alegrar nossos olhos


D esejo infinita Paz e coragem aos amigos e

I rmãos, que diariamente estão a tecer esperanças, 

A vida é feita de sonhos, realizáveis ou não...!


dinapoetisadapaz


sábado, 24 de junho de 2017

A Silhueta ( soneto livre)



A luz da divina lua que a sua janela clareava,
Deixava à mostra a tua silhueta imponente
A passear em teu quarto, e eu imaginava
A sua real nudez... devaneios eloquentes!

E ali solitário, lascivo, e você não se entregava,
Apenas provocava, o meu desejo era premente.
Murmurava, sonhava, e em te corpo eu passeava.
Queria-te amante, sentir em mim teu corpo quente.

Perdia-me na tua sombra que me deslumbrava,
Ensandecia-me por querer-te tão loucamente.
E assim, todas as minhas noites, tu obsedava.

E num ímpeto, em meu quarto te fizeste presente!
O teu cálido oceano de mistérios, eu desejava.
Quase incandescente, te abracei... Finalmente!

dinapoetisadapaz

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Saudade Infinda



Acordei com a tristeza nos cantos dos olhos
É que meu amor partiu para outra dimensão.
Estou preenchido de saudade e do beijo lambe-olhos
Tomara poder suportar tamanha solidão...

A saudade vem com mais intensidade
Quando volto à orla, roubo uma flor
E nos meus pensares, para minha felicidade
Estará à minha espera o meu doce amor...

A receber a flor que eu costumava lhe oferecer
Era o presentinho preferido aquele mimo perfumado
Oh! Por que partiu tão cedo o meu bem querer?
Deixou à deriva o seu grande bem-amado.


 dinapoetisadapaz

terça-feira, 20 de junho de 2017

Nostalgia



Bom Dia a todos e todas!


Lembranças vagam invisíveis,
pedem vênia ao coração
encharcado de saudade,
que não deixa transparecer
aos olhos alheios,
sua perene nostalgia.

Mas, se a saudade
É algo perdido por ai,
Há a possibilidade de encontrar
Um coração mais vulnerável que o meu
Que precisa pulsar  com mais intensidade.
Não te quero assim,
 murcho como rosa amanhecida, sem rega.
Amar é tão bom...

dinapoetisadapaz