Seguidores

sexta-feira, 30 de junho de 2017

Ontem, Hoje e Amanhã

Ontem...
Coração de tão vazio
e incompleto, sangrava de dor,
chorava a ausência
do seu grande amor.


Hoje...
Tudo mudou.
Coração mastigou a tristeza
digeriu as angustias,
Abraçou o amor,
E agora,
Coração esta em festa.



Amanhã...
Nada concreto,
assusta-me...
a incerteza da vida.
Urge viver o agora
voando, sonhando e amando!

dinapoetisadapaz

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Mimo dedicado à amiga Lúcia Silva

Amiga, dedico à você  esse mimo em forma de Acróstico.
desculpe a singeleza das palavras, não sou tão inspirada quanto você.
Espero que seja do seu agrado.
Com carinho da amiga Diná
Bjs no coração amizade querida.




L. Lucia, mulher nordestina e educadora
U. Uma pessoa que esbanja talento e sensibilidade no versar
C. Conhecedora da palavra de Deus e nele foca seus escritos
I. Interage com os amigos e é muito querida por todos
A. A marca registrada é o seu notável  carisma

S. Sobra sensibilidade e sobeja criatividade
I. Irmã de alma, assim a considero
L. Li suas poesias e me encantei
V. Valeu conhecer pessoa tão amável e amiga
A. A poesia foi o veículo  da gratificante aproximação.

dinapoetisadapaz



quarta-feira, 28 de junho de 2017

Sintonia





Madrugada fria, silêncio nas ruas
Sinto uma vibração, entro em sintonia
Com o pulsar de teu coração em agonia,
É minha alma que sintoniza a tua

A cada amanhecer a ausência me mata
Cada minuto sem ti, se vai minha alegria
Assusta-me pensar em te perder um dia,
Tenho fome desse amor que me falta

Quero acordar dessa dor e viver a magia
De estar em teus braços, e isso não me basta
Quero entregar-me a ti nessa doce sinergia
Ouvir teus sussurros como se fosse uma sonata

Quando nossos corpos em plena sintonia
Ao sentir os prazeres de uma noite farta
De amor e entrega, numa louca euforia
Enquanto não vens a poesia me acalenta

dinapoetisadapaz

terça-feira, 27 de junho de 2017

Uma história de amor


Meu coração estava despovoado
Surge um novo habitante trazendo a paixão
Coração pulsou diferente, ficou atordoado
Com o amor fez forte conexão.

A paixão mergulhou em nossas retinas
Não esboçávamos uma palavra sequer
Apenas olhares fazia parte da rotina
Nossos corações passava o dia a ferver

Os sorrisos contidos falavam por nós
Contato, apenas profissionalmente 
 Um beijo voava pelos ares, quando a sós
Amor contido, mas um dia finalmente...

Se deu a corporificação!

Que encanto! Que bonito Amor!
Como carne e unha, sempre unidos.
O destino nos separou, mas o Amor
Insiste que continuemos... Embebidos.

E assim será, um lá, outro cá...
Tu me tens quando queres
Eu te chamo, chegas já.
[Amor ignora poderes]


dinapoetisadapaz


segunda-feira, 26 de junho de 2017

Vamos brincar com a chica nº 22 ?



Vamos brincar com a chica nº 22 ?

Brincar com a Chica é tão contagiante
que mesmo atrasadinha peço à rego pra ela aceitar
 minha participação.



http://sementesdiarias.blogspot.com.br

Minhas frases da semana:

1- Líder vai junto, eis  uma bela LIÇÃO


2 -  Pai não ensina LIÇÃO errada aos filhos



Bom dia e feliz semana


Bom dia meus amados amigos leitores. 
Desculpem a ausência, estive com visita nesse fim de semana, logo estarei retribuindo presenças aqui registradas.



B endito seja o amanhecer e os encantos da natureza,

O azul do céu, a brisa  suave, o colorido das flores, e o despertar íntegro 

Momento propício de agradecimento pela beleza a alegrar nossos olhos


D esejo infinita Paz e coragem aos amigos e

I rmãos, que diariamente estão a tecer esperanças, 

A vida é feita de sonhos, realizáveis ou não...!


dinapoetisadapaz


sábado, 24 de junho de 2017

A Silhueta ( soneto livre)



A luz da divina lua que a sua janela clareava,
Deixava à mostra a tua silhueta imponente
A passear em teu quarto, e eu imaginava
A sua real nudez... devaneios eloquentes!

E ali solitário, lascivo, e você não se entregava,
Apenas provocava, o meu desejo era premente.
Murmurava, sonhava, e em te corpo eu passeava.
Queria-te amante, sentir em mim teu corpo quente.

Perdia-me na tua sombra que me deslumbrava,
Ensandecia-me por querer-te tão loucamente.
E assim, todas as minhas noites, tu obsedava.

E num ímpeto, em meu quarto te fizeste presente!
O teu cálido oceano de mistérios, eu desejava.
Quase incandescente, te abracei... Finalmente!

dinapoetisadapaz

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Saudade Infinda



Acordei com a tristeza nos cantos dos olhos
É que meu amor partiu para outra dimensão.
Estou preenchido de saudade e do beijo lambe-olhos
Tomara poder suportar tamanha solidão...

A saudade vem com mais intensidade
Quando volto à orla, roubo uma flor
E nos meus pensares, para minha felicidade
Estará à minha espera o meu doce amor...

A receber a flor que eu costumava lhe oferecer
Era o presentinho preferido aquele mimo perfumado
Oh! Por que partiu tão cedo o meu bem querer?
Deixou à deriva o seu grande bem-amado.


 dinapoetisadapaz

terça-feira, 20 de junho de 2017

Nostalgia



Bom Dia a todos e todas!


Lembranças vagam invisíveis,
pedem vênia ao coração
encharcado de saudade,
que não deixa transparecer
aos olhos alheios,
sua perene nostalgia.

Mas, se a saudade
É algo perdido por ai,
Há a possibilidade de encontrar
Um coração mais vulnerável que o meu
Que precisa pulsar  com mais intensidade.
Não te quero assim,
 murcho como rosa amanhecida, sem rega.
Amar é tão bom...

dinapoetisadapaz

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Outra vez segunda!


Aos queridos e amados amigos desejo uma semana produtiva
cheia de realizações, além de um dia perfumado!
Chuva de Paz recaia sobre todos!!

Besitos!




Outra vez segunda,
nada de reclamações.
Feliz quem hoje acordou
e esse dia está a  viver.

Cada dia é recomeço sempre.
Evoque a felicidade,
saia de braços com ela.
Com Jesus em sua companhia
Tenha um pacífico dia!

dinapoetisadapaz

domingo, 18 de junho de 2017

Anseios





Estou feliz por dentro e por fora,
As gavetas do cérebro em ordem.
O coração em festa, exultante...
Com vontade de te ver,
 Demoradamente  te abraçar.
Depois, só o amor é capaz
De dar um rumo ao nossos anseios.

dinapoetisadapaz

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Vamos brincar com a Chica num 21?


Vamos brincar com a Chica num 21?

https://sementesdiarias.blogspot.com.br

Guardo na boca da noite
misteriosa,

 meus inconfessos

segredos.


****


A difícil arte de guardar um segredo

Guardo no peito um segredo
Que por alguma razão não foi revelado
Amordaçou-me a boca o peso do enredo

Aprisionado no inconsciente, o segredo,
Vestido de lealdade, oculta um passado.
Combatendo a impulsividade, impõe degredo

A um coração, inflado e inflamado

Contido e comprometido ... Calado

dinapoetisadapaz


Minhas frases da semana:

1- SEGREDO confiado, não condene se for revelado




2- Sete chaves, cada chave depositei um SEGREDO



3- O SEGREDO do sucesso: Fé, otimismo, trabalho


Botando a cabeça pra funcionar nº 15

Ontem foi dia de brincar com a Chica, 
Chego assim retardatária, me arrisco a enviar meu link,
 espero que a Chica aceite.

E vamos que vamos curiar as participações., a lua é inspiradora, 
creio que vamos ter belas inspirações



https://chicabrincadepoesia.blogspot.com.br


terça-feira, 13 de junho de 2017

Perdido (Sem a vogal A)





Estou perdido e sem dono
No mundo de ilusões.
Perdi todo vigor,
Corpo sem tônus
Sem equilíbrio,
Sem emoções.

Oh mulher! Foste comigo,
cruel, criou bobo conflito,
Deixou-me como mendigo
Nesse sofrer infinito.

Pensou, confirmou o que nem existiu,
Criou um leque de mistérios,
Sumiu com o vento, explodiu
meu mundo sem nenhum critério!
Que tremendo reverbério...!

dinapoetisadapaz

domingo, 11 de junho de 2017

Palavras de efeito (crônica)


Não faz muito tempo estava eu desolada a mastigar a saudade daquele amor, um amor que eu imaginava ser eterno e de repente tudo acabou. Foi quando encontrei uma amiga, a Maria Helena, estava tão saudosa quanto eu, ela havia perdido seu animalzinho de estimação, estava literalmente abatida e chorava copiosamente.

Ficamos ali a lamentar nossas desilusões e perdas, estávamos em um Shopping expostas às vistas dos olhos passantes e curiosos.
Não sei se desejo de ajudar ou apenas uma intromissão, aproxima-se de nós uma senhora e diz-duas mulheres bonitas com ares de tristeza, o que aconteceu meninas? Sentou-se ao nosso lado, pediu licença e continuou seu diálogo como se fosse uma Psicóloga a tentar redimir nossas dores, citou exemplos tocantes de perdas, tanto no âmbito emocional quanto no material, ouvimos com atenção seus relatos e agradecemos. Ela então pediu desculpas, desejou felicidades e partiu.

Eu e a Maria Helena saímos dali comentando a falação daquela senhora que nos disse -nada nos pertence, nem a nossa pele, o que deixou de ser, na verdade nunca lhe pertenceu, novos eventos virão... sorriam para a vida, cantem, dancem, vivam!!
Fui acometida de uma crise de consciência, um estalido na memória, uma varredura na tristeza e senti-me renascida.

Viver é isso, é aplaudir os ganhos e aceitar de bom grado as inevitáveis perdas, é preciso aprender a viver sem isso ou aquilo, sem a ansiedade do esperar, deixar que o tempo contribua com sua infalível fórmula. O desgaste é como a ferrugem, corrói, corpo alma e coração, apaga o brilho e o sorriso. Fazer de conta não é alienação, é receita pra viver melhor, embora nem sempre devemos ou possamos fazer de conta, mas no quesito tristeza é uma boa opção.

dinapoetisadapaz

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Vamos brincar com a Chica num 20?


Vamos brincar com a Chica num 20?

Mais um sábado, dia de descontrair, com a  Chica instigar nossos neurônios.

http://sementesdiarias.blogspot.com.br/



Minhas frases:

1- Para a ofensa, resposta certa é  mudez



Quem pergunta , quer resposta, portanto pense bem!!


3 Respeite a Natureza, ela tem resposta imediata


quinta-feira, 8 de junho de 2017

Teimosia


Não sou
um exponencial da poesia,
isto eu sei!
Mas conservo a insistência,
de aprimorar a retórica
e me esforço para escrever
versos abundantes...

Não me sinto
uma escrevedora de ideias estreitas,
mas, ainda não nasceu
um poema corpulento, 
aquele que enche os olhos
do leitor, creio...!

Mesmo assim,
sinto-me longe do desengano.
Há um verso teimoso
circulando pelas artérias,
seja bom um ruim,

ele nasce, sim!
Nas madrugadas, como agora;
 um verso invasor se hospeda em meu quarto,
fustiga meu sono, faz algazarra em meus ouvidos,
me tira da cama... Quer ser poesia...
É o chamado da inspiração,
que como o vento passa célere, bafeja,
me embriaga e vai embora.

Minha produção literária
não é farta, essa escassez não
furta meu desejo de escrever...Não!
Sou nuvem esperando
o sopro divino dos bons ventos.
dinpoetisadapaz


quarta-feira, 7 de junho de 2017

Eu como rosa despetalada




Uma saudade emoldurada
como se meu peito fosse redoma.
Penso que a saudade deve ser prima
da rotina, pois desgasta minh'alma,
arranha minhas entranhas
e faz sangrar minhas artérias,
ou será que inveja o amor que
arrebata o meu coração?

O anseio que me consome
É reflexo da sua ausência
É sintonia, latência e fome
Quem me acalma é a poesia

A cada noite morre um desejo,
Outro renasce com a luz da alvorada,
Minha alma por ti enfeitiçada,
Você silencioso como a lua,
Eu como rosa despetalada.

dinapoetisadapaz