Seguidores

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Tenho um coração



Tenho um coração, não apenas para amar,
Ele foi transformado em relicário
Para a minha saudade guardar.

O amor por mais aconchegado que esteja,
Está sempre saudoso; saudoso de carinho.
E a saudade sempre se enseja.

A saudade mora em meu peito, é irmã do coração,
Corre nas veias junto com meu sangue,
Como unha e carne não pode haver separação,
Às vezes deixa o amante exangue.
Ela vem no açoite do vento, chega como furacão,
Vira rio serpeando nas veias do coração peregrino.


dinapoetisadapaz