Seguidores

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Espelho Mágico




Não há espelho mágico,
que reflita  imagem
que alegre os olhos,
enquanto, belo e transparente
não seja o seu interior.
As nódoas deixadas na alma,
refletem no olhar,
sobrecarrega o semblante,
imagem que os olhos não deseja ver!
Para  remover o véu
que  cobre as máculas do coração,
é preciso que a'lma esteja isenta
de moléstias e dos males
causados pela presença de espíritos inferiores.
 Poucos se permitem à introspecção,
e a lapidação torna-se inviável.
dinapoetisadapaz






terça-feira, 16 de maio de 2017

A Pedra




Natureza fez-me pedra,
exibe minha imponência
ante o sisudo tempo.
Sou mística, sou solidão, 
alimento-me de olhares, 
sou destaque das montanhas,
sou indecifrável.

Posso ser ouro
de diversos quilates,
quando crua, ignorada,
se lapidada, sou gema cobiçada,
desperto olhares longínquos
sou riqueza nacional,
sou pedra preciosa
Sou ganância mundial!

dinapoetisadapaz



domingo, 14 de maio de 2017

Feliz dia Mães!


DESEJO A TODAS AS MÃES BLOGUEIRAS 
QUE POR AQUI PASSAM E DEIXAM 
SEUS CARINHOS EM FORMA DE COMENTÁRIOS,
UM DIA FELIZ CHEINHO DE AMOR, AFAGOS E FLORES.




sábado, 13 de maio de 2017

Coração Voador ( Poemglo)


Coração errante tremula como bandeira,
Imita o vento que balança pra todo lado,
Causando ao seu amor tamanha canseira.

Esse jeito louco, inconstante e vadio,
Invasor de artérias, amante desalmado,
Não sabe a dor que causa essa brincadeira.

Aquele que levanta tal bandeira,
Que não caminha do mesmo lado,
E na vida, ao outro, só causou canseira,

Acaba sozinho como qualquer vadio.

dinapoetisadapaz

Experimental criado pela poetisa Rosa AmbiAnce

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Incompativel Essência


Que as nuvens negras sejam dissipadas,
Que venha o sol iluminando o dia,
Que o acinzelado céu volte a ser azul
Bordado com novelos de neve branquinha
Simbolizando a Paz.

É preciso uma benfazeja ventania
De uma noite chuvosa e ventos uivantes
realizando varredura, lavando minh’alma
que deseja caminhar livre e leve.
Quero toda leveza possível.

Quero um amanhecer radiante
Mostrando o esboço  d’ uma nova estrada
Onde eu não encontre vestígios
D'alguma essência antagônica à minha.
dinapoetisadapaz