Seguidores

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Outra vez segunda!


Aos queridos e amados amigos desejo uma semana produtiva
cheia de realizações, além de um dia perfumado!
Chuva de Paz recaia sobre todos!!

Besitos!




Outra vez segunda,
nada de reclamações.
Feliz quem hoje acordou
e esse dia está a  viver.

Cada dia é recomeço sempre.
Evoque a felicidade,
saia de braços com ela.
Com Jesus em sua companhia
Tenha um pacífico dia!

dinapoetisadapaz

domingo, 18 de junho de 2017

Anseios





Estou feliz por dentro e por fora,
As gavetas do cérebro em ordem.
O coração em festa, exultante...
Com vontade de te ver,
 Demoradamente  te abraçar.
Depois, só o amor é capaz
De dar um rumo ao nossos anseios.

dinapoetisadapaz

sábado, 17 de junho de 2017

Vamos brincar com a Chica num 21?


Vamos brincar com a Chica num 21?

https://sementesdiarias.blogspot.com.br

Guardo na boca da noite
misteriosa,

 meus inconfessos

segredos.


****


A difícil arte de guardar um segredo

Guardo no peito um segredo
Que por alguma razão não foi revelado
Amordaçou-me a boca o peso do enredo

Aprisionado no inconsciente, o segredo,
Vestido de lealdade, oculta um passado.
Combatendo a impulsividade, impõe degredo

A um coração, inflado e inflamado

Contido e comprometido ... Calado

dinapoetisadapaz


Minhas frases da semana:

1- SEGREDO confiado, não condene se for revelado




2- Sete chaves, cada chave depositei um SEGREDO



3- O SEGREDO do sucesso: Fé, otimismo, trabalho


sexta-feira, 16 de junho de 2017

Botando a cabeça pra funcionar nº 15

Ontem foi dia de brincar com a Chica, 
Chego assim retardatária, me arrisco a enviar meu link,
 espero que a Chica aceite.

E vamos que vamos curiar as participações., a lua é inspiradora, 
creio que vamos ter belas inspirações



https://chicabrincadepoesia.blogspot.com.br


terça-feira, 13 de junho de 2017

Perdido (Sem a vogal A)





Estou perdido e sem dono
No mundo de ilusões.
Perdi todo vigor,
Corpo sem tônus
Sem equilíbrio,
Sem emoções.

Oh mulher! Foste comigo,
cruel, criou bobo conflito,
Deixou-me como mendigo
Nesse sofrer infinito.

Pensou, confirmou o que nem existiu,
Criou um leque de mistérios,
Sumiu com o vento, explodiu
meu mundo sem nenhum critério!
Que tremendo reverbério...!

dinapoetisadapaz