Seguidores

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Sintonia






Madrugada fria, silêncio nas ruas
Sinto uma vibração, entro em sintonia
Com o pulsar de teu coração em agonia,
É minha alma que sintoniza a tua

A cada amanhecer a ausência me mata
Cada minuto sem ti, se vai minha alegria
Assusta-me pensar em te perder um dia,
Tenho fome desse amor que me falta

Quero acordar dessa dor e viver a magia
De estar em teus braços, e isso não me basta
Quero entregar-me a ti nessa doce sinergia
Ouvir teus sussurros como se fosse uma sonata

Quando nossos corpos em plena sintonia
Ao sentir os prazeres de uma noite farta
De amor e entrega, numa louca euforia
Enquanto não vens a poesia me acalenta